terça-feira, 31 de julho de 2012

O prazer da dor


Há algo de tão prazeroso na dor que muitos ousam amá-la. Sentir, fazer sentir... Seja como for, incuti-las, mesmo que momentaneamente, pode ser perigosamente delicioso. Como aquela ferida que quanto mais você mexe, mais você quer mexer... E não permite que se feche, pois a cada vez que seu corpo tenta fazê-lo você remexe, proíbe, impede. Talvez sangre, talvez se abra mais, ou talvez nunca cicatrize. Simplesmente não te importa, pois o essencial é manter a dor junto de ti, a uma distância minimamente confortável. É como aquele perdão que você não consegue dar, pois a cada vez que a pessoa se aproxima da redenção sua memória é forçada por ti a relembrar tudo de ruim que a pessoa lhe fez; você sente prazer ao tortura-la com erros passados, mesmo alegando que lhe doi – o que não é mentira, mas consequência. É também como a tristeza iminente numa pessoa que tem uma vida estável, na medida do possível: possui tudo que lhe é necessário, desde pessoas a necessidades básicas à sobrevivência. E, por incrível que pareça, manifesta-se o prazer no sofrimento por outrem; namorado, amigo, familiar, ex-qualquer-coisa, e por aí vai... Alegar incapacidade de esquecer a pessoa em questão é deixar implícita sua falta de vontade de “tirar” a tal de sua vida, como se o sentimento por ela fosse mais forte do que você, o que é mentir pra si mesmo. São apenas alguns dos inúmeros casos onde o prazer da dor impera, mesmo que inconscientemente. Ah, essa tortura irrefreável... E a dor, que antes lhe parecia tão ruim, te toma intensa e lhe afaga o rosto imperceptivelmente sorridente.

1 comentários:

Paulão Fardadão Cheio de Bala disse...

Ferida aberta cria bicheira.

Postar um comentário

About Me

Minha foto
Lua (:
Capricorniana, 19 anos, um tanto tímida porém de personalidade forte. Tem pés no chão e paradoxalmente idealiza o mundo e tem um tanto de fé nas pessoas. Adora admirar as coisas simples, e as valoriza muito mais do que as coisas "compradas". É apaixonada pela escrita e não poupa palavras para dar sua opinião. Acredita que palavras têm um poder imensurável; acredita também que pode trazer, assim, um pouco de felicidade às pessoas. Sonhos? Possui muitos, e tenta realizá-los. Dá tudo por seus amigos, luta por sonhos alheios também. Seu grande sonho profissional é cursar psicologia - profissão pela qual é apaixonada desde criança; outros sonhos seus são conhecer os amigos virtuais e viajar pelo mundo. Preza a sinceridade e a generosidade. Gosta de estudar, conhecer, ver. Se sensibiliza com histórias espontâneas, dramáticas e que possuam essência. A magia de um conto, de uma música, lhe dá arrepio. Ah, e tem uma paixão forte por retratar vidas alheias, seja como prosa, seja como poesia.
Visualizar meu perfil completo

My Blog List

  • - inspira expira palpitação ins pira ex pira desacelera coração anda mais devagar passinhos apressados vê se desacelera o passo pra encontrar o compasso tent...
    Há um ano
  • Bruno Bonilha - "Sarcasmo requer talento, foi feito pra quem sabe usar... não pra quem tenta."
    Há 6 anos

Welcome

Escrever é como uma necessidade, para mim. É um sonho particular levar alegria ou algo de bom para as pessoas. Aqui consigo expressá-los poetica ou até mesmo grosseiramente, mas tudo isso tem um propósito. O que eu desejo é que as pessoas se conscientizem das coisas e que não percam a fé umas nas outras... Tento trazer paz, tento trazer amor, além de reflexão; aqui mesmo, neste cantinho! Pode parecer inútil, mas já é uma grande coisa. Entre, fique à vontade para ler, curtir, criticar e se expressar!

You can replace this text by going to "Layout" and then "Page Elements" section. Edit " About "

Top 5 - bandas

  • Three Days Grace
  • Paramore
  • Fresno
  • Evanescence
  • The Pretty Reckless

Followers

Popular Posts